“Madeira” e suas emoções no Fígado e Vesícula biliar em (MTC)

Na Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é muito importante saber identificar padrões de desarmonia de acordo com os Cinco Elementos. Segundo a MTC, os factores patogénicos mais relevantes, podem ser das seguintes origens, (externo, interno, climático, emocional, hereditário, ou mistos).

Os padrões abaixo mencionados, serão na maioria do foro EMOCIONAL. São dicas morfológicas, comportamentais, manifestações físicas, atitudes perante a vida, entre outras; todas as formas para identificar têm como base a observação e a interrogação ao paciente.

Os problemas emocionais que não se resolvem na mente, o corpo transforma-os em enfermidade física (doença) com factores patogénicos que se manifestam a nível interno, externo ou misto; cada vez mais as emoções da vida moderna, prolongam-se adoecendo o ser humano.

Os cinco elementos da MTC têm característica e naturezas diferentes uns dos outros. Saber identificar patrões emocionais de acordo com os cinco elementos é uma excelente ferramenta terapêutica. Os cinco elementos da MTC são:

Madeira (Fígado e Vesícula Biliar)

Fogo  (Coração e Intestino Delgado)

Terra (Baço Pâncreas e Estômago)

Metal (Pulmão e Intestino Grosso)

Agua  (Rim e Bexiga)

Não podemos esquecer outros factores patogénicos tais como: erros alimentares, horários loucos, a poluição que nos envolve, excessos físicos (trabalho, sexo, exercício), sedentarismo, vírus, fungos, bactérias ou as desarmonias que se herda dos pais e também não podemos esquecer as do foro congénito (ao nascimento).

Resumindo, uma das maiores causas das doenças são de foro emocional, isto é, a influência da mente sobre a saúde do nosso corpo.

Mas atenção, uma doença física pode provocar sofrimento mental além do sofrimento orgânico; uma pessoa que tenha uma doença que a debilite fisicamente, que a deixe afastada dos outros pode iniciar uma depressão.

Madeira

Os Zang-Fu relacionados ao elemento Madeira são o Fígado e a Vesícula Biliar. Estes estão associados à intuição e imaginação do lado direito do cérebro. O que pode dar na infância uma determinada personalidade e um forte sentido de direção à vida de uma pessoa. Este elemento está relacionado com a capacidade de fazer planos e tomar decisões. Mas quando o planejamento e a tomada de decisões perdem a conexão com a capacidade de projetar os fatos no futuro, que nasce da intuição interna aí a vida pode se tornar cheia de dificuldades e frustrações.

Muitos indivíduos do elemento Madeira sentem-se como se uma energia interna os pressionasse e necessitassem urgentemente de atividade para a libertar . Essa pressão interna faz com que as pessoas fiquem em tudo o que fazem, impacientes, irritadas e mal humoradas quando as coisas não acompanham seu ritmo apressado. Atenção isto gera stress no próprio e a quem vive ou trabalha com ele.

Outras vezes, quando não conseguem encontrar o caminho certo que deviam seguir na vida, não conseguem também mostrar o seu potencial profissional ou familiar este quadro leva-os a tornarem-se frustrados e deprimidos. Os elementos Madeira são muito susceptíveis às situações em que se sentem impedidos diante da vida, mas é comum eles mesmos criarem tais situações.

Existe dois tipos de pessoas Madeira o Yin e o Yang:

O Madeira Yin são mais tímido e inseguras quanto à própria identidade e ao caminho que devem seguir, indecisos e com dificuldades para expressar o próprio ego de forma que não sabem bem os próprios limites daí serem facilmente influenciados ou dominados pelos demais. Por isso o Madeira Yin precisa de contatar com pessoas para desenvolver a sua própria força interior, desenvolver também técnicas de meditação. Outra lição é desenvolver e usar a intuição quanto mais a usa mais fortalece o corpo e a mente.

Já o Madeira Yang são vigorosos mas inseguros acabando por se tornar impacientes e irritados com tudo e todos. Por outro lado sabem a direção certa da sua própria vida ou pelo menos pensam saber. Quando estão no seu Yang máximo, podem ser intolerantes, dominadores, egoístas, raivosos, e até violentos ao passo de por vezes ser uns manipuladores. Quando se sentem impedidos , ficam propensos à enorme impaciência, frustração e depressão. O melhor a fazer é diminuir o ritmo e cultivar a disciplina da paz interior agir orientados pela calma e pela certeza e não pela impaciência e stress. Precisa aprender a relaxar para tomar as decisões certas. A maior necessidade é substituir a raiva pela calma a impaciência pela paciência e o julgamento pela observação.

Muitos indivíduos Madeira suprimem a raiva e a irritação, por medo das consequências que certos ou determinados assuntos possam tomar. Os elementos Madeira nunca deviam suprimir a raiva é o pior inimigo deles. Um elemento Madeira suprimir raiva é igual a um vulcão não poder entrara em erupção.

Todavia a Madeira possui sempre uma energia em expansão é o elemento do nascimento, do crescimento e da auto expressão. Muitos gostam de movimento, de viagens e mudanças, pois odeiam a sensação de estagnação e de depressão, às quais são propensos. Ficam impacientes quando não estão realizados. Daí a busca por mudanças pessoais e se desenvolver quase sempre por falta de paciência e inabilidade em usar a sua intuição e imaginação que lhe foi atribuído.

À um proverbio chinês que diz: “Quando a alma da Madeira é ferida consecutivamente ela fica com aflições e tormentos infundados. Se caso persistir o ferimento, fica impossibilitada de fazer movimentos dos membros e a pele fica pálida e o cabelo branco”.

O equilíbrio das pessoas Madeira está na confiança da própria intuição, na visão clara do seu papel na vida e na paciência para permitir o desenvolvimento da mesma. Quando têm este equilíbrio ficam fortes e independentes, capazes de expressar personalidades e criatividades de um jeito suave e calmo, em harmonia com a vida deles e das outras pessoas que o rodeiam.

A morfologia das pessoas Madeira são (no mínimo 5 das características abaixo mencionadas):

– Magros mas musculosos.

– Dorso erecto.

– Ombros largos independente do tamanho.

– Tez esverdeada.

– Cabeça pequena.

– Face alongada.

– Mãos e pés proporcionais ao tamanho do corpo.

– Olhos grandes por vezes salientes.

– Olhar franco.

– Arcadas supraciliares largas.

– Mão dura com pouco músculo.

– Com articulações falangeanas nodosas.

– Unhas sólidas ou friáveis com pontos brancos ou roídas por pessoas nervosas.

– Palmas e dedos com numerosas estrias ,mais ou menos profundas (quanto mais profundas e numerosas, maior a predominância da constituição Madeira).

– Alto, mas, em relação à família.

w

(a) face,  (b) corpo

Doenças na infância:

– Não gosta de refeições copiosas, é normal ter algumas alergias alimentares.

– Problemas de visão, sensibilidade ao Sol.

– Crianças turbulentas, intrépidas, nervosas, mas podem ser tímidas, com tiques e roedora de unhas.

– Podem ter icterícia neonatal ou hepatite;

Face adulta:

– Frequentes hipersensibilidades alimentares.

– Reagem mal às picadas de insetos, sol, pólen, produtos químicos, medicamentos, urticária, eczema, asma, febre do feno, conjuntivite.

– Têm cefaleias ou enxaquecas desencadeadas por álcool, refeições ricas, por contrariedades, pelo vento, na menstruação ou mesmo sem razão aparente.

– Crises de fígado e vesícula, cálculos biliares, colite do lado direito, hemorroidas.

– Dores articulares agudas migratórias, aumento de acido úrico até cálculos renais de uratos

– Taquicardia, Hipertensão, hipotensão ou vertigens.

– Medo de vácuo, de multidão, de grandes shoppings, claustrofobia, mal-estar em carros, aviões ou barcos.

– Menstruações podem ser dolorosas, como inchaço das mamas.

– Tendência a fibroma de útero

– Hipertireoidismo.

– Olhos sensíveis, conjuntivites, herpes, miopia.

– Os músculos podem ser hiperexcitáveis

As Cinco Almas dos Órgãos 

Em MTC temos vários tipos de energias. Mas para os fisiologiastas da MTC, cada um dos nossos órgãos só funciona em pleno, quando estas duas energias a Jing e a Shen estão em equilíbrio. A energia Shen é a energia psíquica ou mente, quando ocorre um desequilíbrio desta energia dá-se a doença.

A relação com os órgãos, dos cinco Shen ou também chamados de Almas Vegetativas são:

Captura de Tela 2014-07-31 às 14.53.20

A Alma Etérea – Hun é enraizada no Fígado logo após ao nascimento e sobrevive no mesmo até à morte depois volta para o Tian (é um conceito antigo Chinês Tian = a “céu” ou seja um estado de energia de seres sutis não material não físico). Por isso o fígado está ligado à intuição. O Hun é o responsável pelo relacionamento do indivíduo com o mundo e por sua vez sua capacidade de projectar seus pensamentos para fora.

Hun corresponde ao conceito ocidental de Alma ou Espirito. Todos os malefícios que o nosso fígado padece a nossa “alma” sofre. Um Hun saudável tem a capacidade de influenciar o nosso planejamento das nossas vidas ou seja encontrar encontrar um sentido de direcção. A capacidade de execução de planos, a imaginação fértil, a de crescer intelectualmente e desenvolver habilidades todas elas fluem quando o Hun está equilibrado.

O Hun governa o movimento psíquico da exteriorização, este processo acontece porque o Hun está intimamente interligado com a mente. O Hun entra e saí da mente para a proteger do mundo exterior e o principal papel é interioriza-se para libertar a intuição e imaginação provenientes do inconsciente. Assim sendo estabelece o equilíbrio emocional, a emoção é responsável pela parte mais intuitiva e subconsciente da mente.

Quando o Fígado está desequilibrado em Yin, a pessoa perde o sentido da direcção e visão da vida. Fica um indivíduo desatento, disperso e indeciso. Perde o movimento e a inspiração, tornasse deprimido, inseguro, frustado e sem objectivos de vida e com uma dificuldade enorme em se expressar. Ficam tímidos e vivem em constante conflito a cerca de si mesmo.

Quando o Fígado está desequilibrado em Yang, a pessoa fica sem concentração tudo causa irritabilidade, impaciente sem motivo aparente. Passam a se expressar de uma forma egoísta , sem qualquer consideração para com ninguém. Fala alto por vezes aos gritos está sempre com raiva e de mau humor com tudo. O sono fica agitado e inquieto os sonhos ficam exaustivos e em grande quantidade.

Uma das características do fígado, é ser um sistema regulador do equilíbrio emocional. Quando o Fígado está equilibrado e bem nutrido, as pessoas sabem planejar sua vida de uma forma sábia e com perspectiva. Atenção o sono da pessoa tem que estar reparador, sem alterações, calmo, tranquilo e sem muitos sonhos. Se assim for a pessoa terá uma vida emocional equilibrada.

Zang-Fu

 Mais informação clik na imagem abaixo:

f

 Mais informação clik na imagem abaixo:

vb

Comentários no Facebook

Language
%d bloggers like this: