Limão

O poder dos Limões.

O limão é uma jóia da natureza, graças às suas múltiplas propriedades e aplicações. Pode ser considerado o rei dos frutos curativos, sendo impressionante a quantidade e variedade das suas aplicações.

Entre os variadíssimos frutos conhecidos, consumido pelo homem e disponíveis na natureza, o limão é o que apresenta o mais elevado índice de radioatividade natural e benéfica (89%), sendo seguido pela uva moscatel ácida (78%) e pelo ananás (72%).

Podemos dizer que existem cerca de 70 variedades, todas são portadoras de uma enorme capacidade vitamínica e de dinamismo no nosso metabolismo interno.

Beber água regularmente ao dia ajuda a hidratar o corpo mas se você adicionar algumas fatias de um limão fresco ou melhor espremer um limão (orgânico, de preferência) diariamente na água pela manhã ( de preferencia em jejum), você terá os seguintes benefícios adicionais:

Purifica o intestino– o sabor amargo do limão acelera os movimentos peristálticos de tal forma ajudando a eliminar resíduos e a regular o trânsito intestinal; beba água com sumo de um limão todas as manhãs em jejum.

Câncer– os limões contêm 22 componentes anti cancerígenos, incluindo limoneno, um óleo natural que reduz ou interrompe o crescimento de tumores cancerígenos ; contêm também uma substância chamada flavonol glicosídeos que interrompe a divisão das células cancerosas.

Resfriado e Gripes– ricos em vitamina C e flavonoides que funcionam em conjunto para combater eficazmente infecções.

Fígado – sumo de limão fresco adicionado a um copo de água pela manhã desintoxica o fígado; o ácido cítrico dos limões ajuda a maximizar a função das enzimas,  estimulando o fígado e ajudando a desintoxicação.

Nutrição– os limões contêm vitamina C, ácido cítrico, flavonoides, vitaminas complexo B, cálcio, cobre, ferro, magnésio, fósforo, potássio e fibra.

Equilíbrio do metabolismo– os limões interagem com o metabolismo produzindo um efeito de alcalinização nos fluidos corporais, ajudando a restabelecer o equilíbrio do pH do organismo.

Alergias-os fitonutriente  hesperedina do limão são muito eficazes para aliviar os sintomas alérgicos.

Distúrbios no cérebro e sistema nervoso– o potente fito nutriente tangeretina contido na casca do limão tem demonstrado benefícios no sistema nervoso, melhorando distúrbios cerebrais como a doença de Parkinson.

Distúrbios de visão– os limões contem rutina responsável pela melhoria de sintomas de doenças dos olhos, incluindo retinopatia diabética.

Antiviral- para além de ser eficaz contra as gripes e resfriados, o terpeno limonóides contido nos limões tem efeitos antivirais comprovados em outros tipos de vírus.

Diabetes– os limões contêm hesperedina que reduz consideravelmente os níveis de açúcar no sangue, quando elevados.

Vesícula biliar e pedras nos rins– o ácido cítrico contido no limão ajuda a dissolver cálculos biliares, depósitos de cálcio e pedras nos rins.

Antienvelhecimento– a vitamina C contida nos limões ajuda a neutralizar os radicais livres relacionados com o envelhecimento e outros tipos de doenças.

Ajuda a digestão– o sumo de limão elimina matérias indesejáveis e toxinas, a sua composição atómica é semelhante à da saliva e à dos fluidos digestivos; encoraja o fígado a produzir bílis que é um ácido essencial há digestão.

Acaba com azia– os limões são também ricos em olegoelementos, minerais e vitaminas que ajudam a soltar toxinas do trato digestivo; as propriedades digestivas do sumo de limão aliviam sintomas de indigestão como azia, arrotos e flatulência.

Purifica o organismo– o limão é diurético, por isso ajuda a eliminar  matérias indesejáveis e toxinas em parte porque aumenta a taxa de urina no corpo. Desta forma, as toxinas são libertadas mais rapidamente mantendo o trato urinário saudável.

Pressão arterial- os limões são ricos em vitamina C e potássio que estimulam o cérebro e o SNC, daí regular a tensão arterial.

Problemas respiratórios– o ácido ascórbico, presente nos limões, tem efeitos anti inflamatórios, que é usado em casos de asma e outras condições respiratórias, uma vez que aumenta a absorção de ferro pelo organismo.

Sistema imunitário– o ferro que o limão contêm tem um papel importante no sistema imunitário e as saponinas do limão tem propriedades anti microbianas.

Equilibra os níveis de PH– os limões são uns dos alimentos com mais propriedades alcalinas; claro que são ácidos por si, mas no organismo são alcalinos (o ácido cítrico não cria acidez quando metabolizado). Os limões contêm ácido cítrico e ascórbico, ambos facilmente metabolizados permitindo que os componentes minerais melhorem os níveis alcalinos do organismo; a doença ocorre apenas quando o PH está ácido.

Limpa a pele– a vitamina C e outros antioxidantes diminuem as rugas e manchas e ajudam a combater os danos dos radicais livres. A vitamina C é vital para a luminosidade da pele ao mesmo tempo que a sua natureza alcalina mata alguns tipos de bactérias que causam acne, uma vez que o sumo de limão elimina toxinas do sangue, ajuda a prevenir manchas de dentro para fora.

Ajuda a perder peso e baixar colesterol – os limões são ricos em fibra pectina que ajudam a combater os desejos por comida. Estudos revelam que pessoas que têm uma dieta alcalina, perdem peso mais rapidamente e baixam o colesterol.

Composição do limão:

– Contem vitamina B1, B2 e B3, provitamina A (caroteno), que se encontra principalmente na casca e vitamina A na polpa fresca e sumo.

– É riquíssimo em vitamina C (40 a 50mg/100gr de fruto), que joga um papel inestimável nos fenômenos óxido-redutores, beneficiando o desempenho das glândulas endócrinas; por essa razão, é indispensável a sua ingestão diária.

– Possui vitamina PP, que age protegendo e tonificando o sistema vascular, e vitamina I que é um preventivo das pneumonias.

– Contém grandes quantidades de sais minerais e oligoelementos como o cálcio, ferro, silício, fósforo, cobre, magnésio e iodo.

– Encontram-se apreciáveis percentagens de ácidos cítricos e málico, além de pequenas quantidades de ácido acético, fórmico e de citratos de potássio e de sódio.

– É portador de glucose e frutose diretamente assimiláveis, bem como de sacarose.

– Contém gomas, mucilagem e algumas albuminas.

Comentários no Facebook

Language
%d bloggers like this: