Contractura muscular

Em condições normais, os músculos nunca se encontram num total estado de relaxamento, pois são submetidos a uma determinada tensão interna, ou tónus muscular, indispensável para que todo o corpo e cada um dos vários segmentos corporais mantenham sempre o equilíbrio.

As contracturas são provocadas pelo aumento persistente do tónus muscular a níveis superiores ao normal, fazendo com que o músculo ou músculos afectados fiquem sob tensão, com dor à pressão e ao toque e dificultem ou impeçam o movimento do segmento corporal onde se encontram ou cujo movimento depende deles.

Existem inúmeras causas que provocam o aparecimento de contracturas, podendo em muitos casos actuar em conjunto. Uma das mais frequentes é a adopção de posições corporais inadequadas, como por exemplo manter a cabeça inclinada para um dos lados ou as costas curvadas para um dos lados: nestes casos, os músculosde um dos lados do pescoço ou das costas costumam contrair-se mais do que o normal de forma quase permanente, ficando rígidos.

O excesso de esforço e os traumatismos musculares também constituem uma causa muito comum de contracturas, como por exemplo o típico caso dos músculos da região lombar que se encontram próximos da coluna vertebral, já que a realização de um esforço brusco e intenso faz com que estes músculos fiquem rígidos e comprimam as estruturas nervosas vizinhas, como os nervos sensitivos, provocando dores que podem evoluir para uma lombalgia.

images

Dado que o tónus muscular é controlado pelo sistema nervoso, é possível que, em alguns casos, ocorra o fenómeno inverso, ou seja, a contractura pode ser provocada por vários tipos de problemas neurológicos e até psicológicos, como é o caso das neuroses de conversão, nas quais um membro pode, por exemplo, ficar completamente rígido. É por esta razão que os músculos também podem ser afectados por contracturas nervosas complexas perante a existência de uma dor intensa. Por exemplo, em caso de dor intensa na garganta ou abdómen, os músculos da zona contraem-se de modo a evitar a tracção dos tecidos danificados, protegendo-os de toques externos.

Por fim, as contracturas são, em muitos casos, provocadas pela existência de deformações nos ossos e articulações ou pela presença de extensas cicatrizes, podendo igualmente ser originadas durante ou após a utilização de gesso que imobilize o segmento corporal ou simplesmente depois de um repouso absoluto prolongado.

Comentários no Facebook

%d bloggers like this: