Vitamina C

Todos as vitaminas são de extrema importância quando o objetivo é manter o corpo saudável e em excelente funcionamento. Das vitaminas mais conhecidas e que oferece  maiores benefícios à saúde está a vitamina C.

A vitamina C tem um grande poder anti-inflamatório e antioxidante, a vitamina C é um soldado imbatível no combate aos radicais livres (câncer) e processos inflamatórios.

A presença de vitamina C no organismo ajuda a prevenir a formação de tumores, problemas cardiovasculares, infecções e edemas nas articulações.

Os radicais livres são moléculas repletas de substâncias que danificam de modo avassalador nossas células e acabam com nossa capacidade de reação contra infecções e inflamações de qualquer natureza. A vitamina C elimina completamente esses vilões e ainda preserva a integridade dos tecidos.

A presença de radicais livres em excesso no organismo, cria um ambiente perfeito para o aparecimento de doenças cardíacas, câncer, envelhecimento precoce, e condições para o desenvolvimento de quadros de artrite de todos os tipos.

A vitamina C ainda evita a oxidação do LDL, o colesterol ruim, que se acumula no interior dos vasos sanguíneos deixando o sangue gorduroso, licoroso, o que é uma das causas da formação das temidas placas de gordura que entopem as veias, causando problemas cardíacos e derrames cerebrais.

A vitamina C é uma vitamina hidrossolúvel. A maior parte dos animais sintetizam a sua própria Vitamina C, mas o homem, os primatas e os porcos-da-índia têm necessidade de fontes nutricionais externas. Assim sendo a ingestão regular de alimentos que contenham o nutriente é mais que uma necessidade, trata-se de uma estratégia inteligente para quem deseja ter uma boa saúde.

A vitamina C que se consume em alimentos completos como frutas e vegetais, contêm os seguintes componentes:

– Rutin

– Bioflavonóides (vitamin P)

– Factor K

– Factor J

– Factor P

– Tyrosinase

– Ascorbinogen

– Ácido Ascórbico

Fontes de vitamina C, por ser muito sensível, ela é facilmente destruída tanto pelo calor (durante a confecção dos alimentos) quanto pelo oxigênio (ar) e luz. As suas melhores fontes são as frutas, as verduras e os legumes crus. Atenção quando cozinhar alimentos ricos em vitamina C prepare-os no menor tempo possível, utilizando pouca água e servidos logo após o preparo.

Não se deve cortar ou picar esses alimentos se eles não forem consumidos imediatamente pois, o oxigênio presente no ar tem o poder de oxidar a vitamina C, destruindo-a. Portanto, guardar sumos de laranja ou limonada por muito tempo na geladeira não preserva a quantidade inicial da vitamina C.

Algumas Fontes Naturais do nutriente:

Vegetais

Os vegetais cozidos perdem a maior parte do nutriente, por isso prefira consumi-los crus ou cozidos a vapor.

Agrião (100 gramas – 69mg)

Brócolis (100 gramas – 89mg)

Couve-Flor (100 gramas – 120mg)

Couve de Bruxelas (100 gramas – 75mg)

Folha de Couve (100 gramas – 120mg)

Pimentões verde, vermelho e amarelo (1 unidade – 231mg)

Pimenta (1 unidade média – 65mg)

Tomate (1 unidade média – 29mg)

Tomilho (100 gramas – 160mg)

Salsa (100 gramas – 133mg)

Frutas

Acerola (1 unidade de 5 gramas – pelo menos 186mg)

Pêssegos (1 xícara 250 gramas – 235mg)

Caju (1 unidade média– 220mg)

Goiaba (1 unidade – 218mg)

Kiwi (1 unidade – 88mg)

Mamão (1 fatia média – 82mg)

Melão (100 gramas – 37mg)

Morango (5 unidades – 57mg)

Laranja (1 unidade – 53mg)

Tangerina (100 gramas – 49mg)

Limão (1 unidade – 39mg)

Comentários no Facebook