Em medicina tradicional chinesa, o termo zang-fu, refere-se as entidades anatômicas volumosas (grosseiras) dos órgãos internos. Ao mesmo tempo, representa a generalização das funções fisiológicas do corpo humano. O coração, fígado, baço, pulmão, rim e pericárdio, são conhecidos como os seis órgãos zang. Suas funções fisiológicas principais são manufaturar e estocar as substâncias essenciais, incluindo a essência vital (energia vital), sangue e líquidos corporais.

O intestino delgado, vesícula biliar, estômago, intestino grosso, bexiga e sanjiao são coletivamente conhecidos como os seis órgãos fu. Suas funções principais são receber e digerir alimentos, absorver substâncias nutritivas, transmitir e excretar detritos. Existem adicionalmente, órgãos fu extraordinários, entre os quais o cérebro e o útero.

Os órgãos zang são funcionalmente diferentes dos fu, mas a diferença é apenas relativa. Nas atividades fisiológicas, conexões estruturais e funcionais, bem como coordenação, existem não apenas entre os órgãos zang e fu como entidades separadas, mas também entre os órgãos zang e fu coletivamente e, também, entre os órgãos zang e fu de um lado e os cinco órgãos dos sentidos e os cinco tecidos por outro lado. A teoria dos zang-fu, tomando-se os cinco órgãos zang (seis incluindo o pericárdio), explica amplamente as peculiaridades da medicina chinesa, isto é, o conceito de olhar o corpo como uma unidade integral, fisiológica e patologicamente.

S I A O C H A N G  –  INTESTINO DELGADO

I – GENERALIDADES

O intestino delgado está situado no abdomem. Pertence à fase fogo e seu meridiano se conecta ao canal do coração com o qual está exterior-interiormente relacionado.

II – FUNÇÕES

O intestino delgado tem a função de receber, separar, absorver e encaminhar os alimentos. O resultado da transformação dos alimentos realizada pelo estômago é enviado abaixo para o intestino delgado. Este recebe os alimentos decomposto e os separa em fração pura e fração turva. A primeira fração é assimilada pelo intestino delgado que envia ao baço, que a transforma e envia a todo o corpo. Da fração turva, a maior parte é enviada ao intestino grosso e outra parte, constituída de líquidos é transmitida aos rins e à bexiga para outra separação e ainda excreção.

Conforme o acima descrito, o intestino delgado por um lado está proximamente ligado ao processo digestivo, isto é, com o baço, estômago e intestino grosso. Por outro lado, também está relacionado com o metabolismo da água (jinye), ou seja, com o rim e a bexiga.

Disfunções do intestino delgado poderão produzir alterações do movimento intestinal e outras perturbações digestivas e urinárias. Pela tradicional ligação exterior-interior, o calor proveniente do fogo no coração poderá descer e prejudicar o jiao inferior, afetando também o intestino delgado.

III – PADRÕES DE DESARMONIA

1 – Obstrução do Qi do intestino delgado

2 – Excesso de calor no intestino delgado (xiaochang shire)

Comentários no Facebook